Biomass Day dedica programação exclusiva à energia de biomassa

Neste 24 de maio, integrada à programação do segundo dia do Ecoenergy | Congresso de Tecnologias Limpas e Renováveis para a Geração de Energia, foi realizado o Biomass Day, com palestras e debates dedicados exclusivamente ao debate da produção de energia de biomassa.

Atualmente, a biomassa é a segunda fonte de geração mais importante do Brasil na Oferta Interna de Energia Elétrica (OIEE) – toda a energia necessária para movimentar a economia – com o registro de 8,8% em 2016, superando os 8,1% de participação do gás natural.  As informações são do Boletim Mensal de Energia (referência – dezembro/2016) elaborado pelo Ministério de Minas e Energia (MME).

Neste contexto, o Biomass Day abordou importantes temas, com especialistas do setor como a produção de energia elétrica a partir da biomassa, parcerias estratégicas e estudos de caso.

Entre os especialistas convidados, o engenheiro Dennis Hamburger, Diretor da Termoconsult, defendeu a geração de energia térmica por biomassa. “Hoje o Brasil possui capacidade instalada de 140 GW anuais, dos quais 14 GW são referentes à biomassa”. Segundo Dennis, o principal insumo utilizado é o bagaço da cana-de-açúcar, correspondendo à geração de 12 GW. Os outros 2 GW restantes são provenientes da madeira e outros insumos.

Ponto de debate entre o especialista e os presentes foi a questão da secagem da biomassa. “Nenhum insumo deveria entrar na caldeira com 50% de umidade como vemos acontecendo hoje em muitas térmicas. A secagem da biomassa melhora o ciclo térmico e a eficiência da caldeira. Isso pode acarretar em um aumento na geração de energia em torno de 20 a 25%”.

Ainda em relação à eficiência, discutiu-se a utilização das térmicas em tempo integral. Uma solução para as entressafras seria aproveitar além do bagaço, a palha da cana.  “Com os volumes das safras atuais, temos 150 milhões de toneladas de bagaço e mais 50 milhões de toneladas de palha por ano, o que permitiria contornar a questão das entressafras e permitir que as térmicas funcionem sem interrupções”, afirmou Dennis. 

Os altos investimentos nas plantas térmicas ainda geraram debates em relação à manutenção e ciclo de vida dos equipamentos. O engenheiro de campo TGM, Flávio Henrique Stahlberg Natal, especialista na manutenção de turbo-geradores, explicou que quanto mais partidas e paradas uma máquina faz, mais cedo é o seu overall. “Os principais redutores da vida útil de uma planta técnica geralmente são fatores externos às máquinas”, explicou Henrique. De acordo com ele, fatores como não aplicar a engenharia de manutenção, ou seja, não olhar para a plantas como um todo, e desconhecer o estado dos equipamentos, não podendo, desta forma, fazer ações preventivas, são as principais causas.

Cesar Borges de Sousa, Diretor da ABAG – Associação Brasileira do Agronegócio e Vice-presidente da Caramuru Alimentos, empresa que atua há mais de 50 anos no processamento de soja, milho, girassol e canola, trouxe um pouco sobre sua experiência no processamento de biomassa.

O Grupo Caramuru opera fábricas de biodiesel em São Simão e Ipameri, no Estado de Goiás, com capacidade para processar 450 milhões de litros por ano. O biocombustível é derivado de biomassa renovável, produzido a partir de óleos vegetais, principalmente da soja, e contribui para a substituição total ou parcial de combustíveis derivados de petróleo e gás natural em motores à combustão, por fontes de energia limpas e renováveis. Depois que a planta passa pelo processo químico de transesterificação, o óleo vegetal se torna compatível com os motores a diesel.

Sousa também dividiu com a plateia que está em desenvolvimento um projeto para produção de etanol de soja. “Neste caso, não se trata de geração de energia através da biomassa, mas, mesmo assim, será uma grande inovação”.

Outros temas de destaque foram discutidos como a geração de energia a partir do biogás gerado pelo biodigestor, o preço da energia gerada a partir da biomassa, os próximos leilões e os ganhos para unidades produtoras no mercado livre. O Biomass Day foi encerrado com grande sucesso, cumprindo seu papel de criar um ambiente de discussões e debates propício para a troca de informações e conhecimentos para o mercado de energia de biomassa. O Ecoenergy e o Biomass Day foram organizados e promovidos pela Cipa Fiera Milano.

Mais informações: www.enersolarbrasil.com.br/16/feira-congresso-ecoenergy/

Serviço

Ecoenergy | Congresso de Tecnologias Limpas e Renováveis para a Geração de Energia
Data: 23 a 25 de maio de 2017,
das 09h às 18h30

6ª EnerSolar + Brasil | Feira Internacional de Tecnologias para Energia Solar
Data: 23 a 25 de maio de 2017,
das 13h às 20h
Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center
Endereço: Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – São Paulo – SP – Brasil
Transporte gratuito: Rua Nelson Fernandes, 450 – Acesso pelo Terminal Rodoviário Jabaquara
* Evento gratuito para profissionais do setor


Sobre a Cipa Fiera Milano

A Cipa Fiera Milano é especializada em feiras de negócios e publicações técnicas, e tem como objetivo, aproximar organizações e criar oportunidades de negócios e relacionamentos por meio da realização de grandes feiras e publicações de revistas segmentadas na América Latina.

Fundada em 1977, foi adquirida pela Fiera Milano em 2011, tornando-se a filial brasileira de uma das empresas líderes mundiais de feiras e congressos do mundo.


Fiera Milano no Mundo

Localizada em Milão – Itália, a Fiera Milano é líder de mercado nos segmentos de feiras e congressos, tanto em número de visitantes e expositores, quanto na excelência das exposições.

Com escritórios ao redor do mundo, a Fiera Milano possui um portfólio que se destaca das demais promotoras de feiras em termos de gama de setores econômicos representados e qualidade dos eventos.

A cada ano, suas exposições atraem mais de 30 mil expositores e mais de 5 milhões de visitantes. Atualmente, a Fiera Milano opera uma joint venture com a Hannover Messe, na China e na Índia, e tem suas próprias filiais no Brasil, África do Sul, China e Índia.

Cipa Fiera Milano Press Office
RM Press | Comunicação Estratégica

Claudia Maciel
+55 11 2950-4820
claudia.maciel@rmpress.com.br

Clique aqui para download