07 a 09 de Junho de 2022

13h às 20h

(11) 5585-4355 / (11) 3159-1010

comercial@fieramilano.com.br

Cipa Fiera Milano

(11) 5585-4355 / (11) 3159-1010 |

Feira e Congresso Ecoenergy

07 a 09 de Junho de 2022

13h às 20h

Cipa Fiera Milano

Feira e Congresso Ecoenergy

Cipa Fiera Milano

Goiás é o quinto estado brasileiro na geração própria de energia solar

15 de julho de 2021
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Goiás está entre os cinco estados brasileiros com maior potência instalada na geração própria de energia solar. Segundo recente mapeamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), a região possui 319,2 megawatts (MW) em operação nas residências, comércios, indústrias, propriedades rurais e prédios públicos e já atraiu mais de R$ 1,5 bilhão de investimentos acumulados.

A potência instalada de energia solar distribuída em Goiás coloca o estado na quinta posição do ranking nacional da ABSOLAR. Segundo a entidade, o território goiano responde sozinho por 5,4% de todo o parque brasileiro de energia solar distribuída.

Em 2017, a ABSOLAR construiu, em conjunto com o governo do estado, o Programa Goiás Solar, iniciativa que virou referência nacional de incentivo à energia solar. Naquele ano, Goiás estava em 14º lugar no ranking estadual de solar distribuída e, de lá para cá, subiu 9 posições no ranking nacional.

O estado possui atualmente 21.644 conexões operacionais, espalhadas por 242 cidades, ou aproximadamente 98,4% dos 246 municípios da região. Atualmente, são cerca de 28.504 consumidores de energia elétrica que já contam com redução na conta de luz e maior autonomia e segurança elétrica.

Desde 2012, a geração própria de energia solar já proporcionou a Goiás a geração de mais de 9 mil empregos e a arrecadação de mais de R$ 404,5 milhões aos cofres públicos.

De acordo com a entidade, a construção de um marco legal para a geração distribuída no Brasil é o melhor caminho para afastar o risco de retrocesso à energia solar e demais fontes renováveis utilizadas para a geração distribuída de energia elétrica em telhados, fachadas e pequenos terrenos no País. O marco legal está atualmente em debate no Congresso Nacional por meio de projeto de lei (PL) 5829/2019, de autoria do deputado federal Silas Câmara e relatoria do deputado federal Lafayette de Andrada.

Para o presidente executivo da ABSOLAR, Rodrigo Sauaia, a energia solar fotovoltaica terá função cada vez mais estratégica para o atingimento das metas de desenvolvimento socioeconômico e sustentável em todos estados brasileiros. “A tecnologia fotovoltaica é essencial para a recuperação da economia e para aliviar a escassez de água dos reservatórios hidrelétricos, bem como para ajudar na redução da conta de luz de todos os consumidores”, conclui Sauaia. Absolar

 

FONTE:
CANAL JORNAL DA BIOENERGIA

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

COMUNICADO IMPORTANTE
BOLETO FALSO

CLIQUE E SAIBA MAIS
close-link